sábado, julho 20, 2024
HomeCulturaCasa da Cultura Dide Brandão: Descubra sua história e identidade

Casa da Cultura Dide Brandão: Descubra sua história e identidade

A História da Casa da Cultura Dide Brandão se eternizou com a sua identidade ao longo do tempo.

Sua inauguração aconteceu em 1982, em sua edificação funcionava antes como Escola Básica Victor Meirelles, sendo cedida pelo Governo do Estado de Santa Catarina, com o total objetivo de contribuir para a formação cultural de sua comunidade, assim com uma participação de vivencia cultural constante.

Assim favorecendo ocasiões de ensino-aprendizagem estético e que irá proporcionar na evolução do desenvolvimento de senso crítico em várias linguagens artístico-culturais sendo nas oficinas, cursos e espetáculos.

A Casa da Cultura tem o seu espaço voltado para diversas atividades de estudo, biblioteca, salas de aula e de leitura, auditório e galeria com as mais variadas formas de atividades artísticas, dando oportunidades para os artistas locais e de outras regiões a se apresentarem. Promovendo sempre a cultura e o acesso ao conhecimento que se eterniza até os dias de hoje.

 

Informações Históricas da Casa da Cultura

 

O grupo escolar Victor Meirelles teve o surgimento através de um movimento escolar em 1911, onde o ensino era separado por secção masculino e secção feminina, mas na década de 1913 acabou sendo inaugurado, no governo de Vidal de Oliveira Ramos.

Passado o tempo, nas décadas de 1970 e 1980, houve um maior afloramento cultural, após 68 anos de funcionamento em 1981, o grupo escolar acabou sendo transferido para um novo local.

Em 1982 o prédio foi concedido pelo Governo do Estado de Santa Catarina para ser a Casa da Cultura Dide Brandão que permanece até hoje.

Chegando na década de 2010, o prédio foi restaurado e reaberto em 2012.

Informações valiosas que valem a pena serem relembradas sobre os acontecimentos da cidade de Itajaí.

Casa Dide Brandão-sala

 

Conhecendo sobre a história de Dide Brandão  

 

José Bonifácio Brandão mais conhecido como Dide Brandão, era muito conhecido em Itajaí e o mais notável artista plástico, mas exerceu outros trabalhos como desenhista, gravurista, pintor e entalhador.

No Rio de Janeiro fez um curso de pintura na Escola Nacional de Belas Artes, depois iniciou suas primeiras exposições, recebendo o batismo de fogo e conquistou uma menção honrosa no V Salão Municipal de Belas Artes no ano de 1952.

Assim voltando para a sua cidade fez sua primeira exposição individual no ano de 1955, sendo nos Salões da Sociedade Guarani. Dide brandão fez mais 18 exposições sendo coletivas e 17 amostras individuais em diversas cidades brasileiras, seu talento projetou-se entre os meios artísticos nacionais conquistando vários prêmios.

Chegando a Brasilia, aconteceu a inauguração da Galeria de Arte “Banga”, acabou sendo sócio-fundador da Associação de Artistas Plásticos recebendo o título de emérito professor. Em 1974, participou do Dicionário Brasileiro de Artistas Plásticos.

Dide Brandão acabou falecendo em 1º de fevereiro de 1976, devido a um acidente automobilístico

Enfim se fica o legado de Dide Brandão e de sua enorme superação

✅ Leia também: A História e Arquitetura da Casa Burghardt: Um Patrimônio Cultura

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Most Popular

Recent Comments